Skip to content →

Coletânea Somos Todos Latinos celebra diálogo musical no continente

O site Scream&Yell lançou uma coletânea-tributo ao rock e pop latino-americano. Somos Todos Latinos é um disco no qual dezesseis artistas independentes brasileiros homenageiam a música dos países de hablaespana. Canções de Argentina, Chile, Uruguai, Cuba, Colômbia e Espanha ganham versões – algumas no idioma de origem, outras em português – oferecendo um diálogo que há anos acontece apenas timidamente no Brasil.

“Latino virou designação étnica preconceituosa, no pior dos casos, ou mesmo um ‘nicho de mercado’”, diz o jornalista Leonardo Vinhas, responsável pela curadoria e produção executiva da compilação. “A verdade é que, nós brasileiros também somos ‘latinos’, mesmo nos sentindo culturalmente distantes dos outros países da América e mesmo da Espanha, Itália e França, países culturalmente ‘latinos’, dos quais não afastamos por questões idiomáticas e históricas”, diz.

As canções selecionadas vão desde obras mais tradicionais de Silvio Rodríguez e Eduardo Mateo até registros contemporâneos de artistas underground, como El Mató a Un Policía Motorizado, Los Impermeables e Deluxe, passando por roqueiros de grande alcance no mercado latino-americano, como Soda Stereo, La Vela Puerca e Aterciopelados.

Entre os artistas participantes, estão Nevilton, Projeto Ccoma, Cassim e Barbária, Beto Só, Juliana R., Vivian Benford, La Carne e o ex-Barão Vermelho (e atual Panamericana) Dé Palmeira. O disco será disponibilizado para download gratuito exclusivamente pelo site Scream&Yell. Este é o terceiro tributo lançado com exclusividade pelo site: os anteriores foram Ainda Somos os Mesmos (em homenagem ao Belchior) e Espelho Retrovisor (Engenheiros do Hawaii, que ultrapassou a marca de 18 mil downloads).

Paulo Floro é jornalista e editor da Revista O Grito!, site de cultura pop sediado em Recife (PE).

Published in Mundo