Archive for fevereiro, 2010

26
fev

Escolham nosso próximo destino!!!

   Posted by: tiago    in xSem categoriax

Fim da Caravana Roma…novo ciclo de posts no blog!

Montei as opções abaixo pensando naquilo que estaria a fim de ouvir e escrever a respeito agora. Me interesso, no momento, pelas três opções igualmente. “So” escolham…mais um mês de viagem musical pela frente!

Não deixem de ver os videos logo abaixo! A votação termina quando computarmos 30 votos, ou quando algumas das opções ganhar o páreo tendo este número em vista.

Os candidatos

weav

a)      Escócia, Inglaterra e Gales! Bandas de gaitas-de-fole da Escócia; bandas clássicas da Escócia (como os Tannahill Weavers acima) e Gales: a harpa galesa. A Inglaterra e a morris dancin’ – O folk rock inglês dos anos 70. E mais.

tornados

b)      Música dos EUA: O Bluegrass, Woodie Guthrie, Hank Williams, Música Tejana, a polca estadunidense, as origens do blues, a música cajun e o zydeco. E mais.

tlen

c)      América Hispânica. Argentina (chacarera; tango; música da patagônia). Uruguai (o tango uruguaio; a murga). Chile (o Inti-Illimani; a cueca (sim cueca!rs.) ). Bolívia, Peru, Venuzuela, Mexico. E mais.

Share/Save/Bookmark

Carreg Lafar do país de Gales:

Os clássicos escoceses do Tannahill Weavers.

Morris Dancing na Inglaterra:

Fairport Convention, clássicos do folk-rock inglês. ‘Crazy Man Michael’ é talvez minha canção preferida entre todas!

Share/Save/Bookmark

O mestre do banjo bluegrass Earl Scruggs:

Tejaaanos..os Texas Tornados (eu adoro esta banda :0) ). Hey baby que paso? hehe

Meus cajuns favoritos do Beausoleil (sim nos EUA se fala espanhol e francês somente! hehe)

Share/Save/Bookmark

A chacarera argentina com os clássicos Los Chalchaleros:

Os mestres do Chile Inti-Illimani:

A excelente musica harocha (a verdadeira La Bamba!) com os mexicanos Tlen Huicani.

Share/Save/Bookmark

flamenco_001

Para o fim de nosso percurso junto à música cigana, ficamos com o flamenco, a famosa tradição musical e coreográfica que tem origem no sul da Espanha.

Como esta Caravana Roma não consiste de um ciclo de posts sobre a música espanhola (e é bem possível que tenhamos um ciclo sobre a música da Espanha) não vou me estender muito por aqui. Cabe , no entanto, apontarmos a relação do flamenco com os ciganos.

De fato, a imagens dos ciganos no ocidente tem sido bastante vinculada  em conjunto com o flamenco.  A imagem arquetípica do cigano e, sobretudo, da mulher cigana mais comum por aqui é de uma pessoa vestida com trajes tradicionais do flamenco, não é?

Não é certamente sem motivos que é assim. O flamenco é, de fato, um caldeirão de influências: influências mouras (na utilização do violão, por exemplo), judaicas, dos espânicos da América (dizem alguns) e também ciganas (ou gitanasgitanos é o termo usualmente utilizados para os roma na Espanha) – um dos ritmos do flamenco é, por exemplo, denominado gitanas (faixa 1 do CD disponível).

O flamenco é mais um exemplo de como os romas se inserem na cultura, e em especial na música, dos países onde habitam e ganham um lugar de destaque no interior dela, além de deixar suas próprios rastros.

Para ilustrar o canto do cisne de nossa Caravana Roma fica para baixar uma excelente coletânea que consiste de dois CDs chamada “Best of Gypsy Flamenco from Andalusia”. Ela consiste de uma compilação de flamenco voltado a grupos ciganos – não se trata de algo essencialmente diferente de qualquer outro flamenco “não cigano” (afinal o gênero é uma construção coletiva dos povos que se estabeleceram no sul da Espanha), mas o fato é que o gênero está muito bem representado musicalmente nestes CDs – nada de Gypsy Kings (nada contra eles – mas este blog prefere a música mais próxima a tradição :0) ) mas muitas bulerias (um dos palos – ou ritmos do flamenco), sevillanas,alegrias, fandangos (não o do Paraná!!!:0) ) e malagas muito bem tocadas e cantadas!

Confiram: Best of Gypsy Flamenco from Andalusia 2 CDs

Share/Save/Bookmark

Related posts

Tags: ,

23
fev

Caravana Roma: O Flamenco. Videos e Mapa.

   Posted by: tiago    in IV - Caravana Roma

Mapa da Espanha em regiões (A Andalucia abaixo)

spain-mapVideo Flamenco

Video 2:

Share/Save/Bookmark

Related posts

Tags: ,

Django+Reinhardt+djangoComo o dono deste blog é muito preguiçoso e não conhece nada jazz ele convidou seu camarada Lucas (vulgo ex Otto) do blog Aurora Musical (visitem que é bem legal!!!) para escrever sobre Django Reinhardt:

“A pedido do meu caro colega Tiago (n.do. e.: sou eu :0), falarei um pouco sobre o maior músico do jazz europeu, que diante de tantas adversidades ao longo de sua vida, criou uma música complexa e interessante, que transita pelos ouvidos com leveza e sutilidade, sem deixar de lado todo o sentimento e expressão que carrega de suas origens ciganas.

Nascido belga mas, francês de criação, Django, apesar de ter construído sua carreira através da guitarra, começou tocando violino e banjo. Devido a sua infância humilde, Django nunca aprendeu a “ler música”, adquirindo tudo o que sabia através da tradição cigana.

Um acidente doméstico causou queimaduras de segundo grau em metade de seu corpo, afetando seus movimentos, principalmente relacionados à perna e mão esquerda. Django acabou por voltar a andar com a ajuda de bengalas, ao passo que desenvolveu uma técnica onde poderia tocar, usando seus dois dedos paralisados e o polegar para solos.

Django formou o “Quintette du Hot Club  de France”, junto ao violinista Stéphane Grappelli, o conjunto de maior expressão do jazz europeu. Com todo seu virtuosismo e crescente popularidade, ainda participou de gravações com ícones do jazz americano como Louis Armstrong e Duke Ellington.

Pioneiro do “Gypsy Jazz” e do “Gypsy Swing”, como usualmente é classificada a fusão que Django promoveu entre o jazz de New Orleans, dos anos 20, com música tradicional romani e valsa, criando complexas estruturas rítmicas, carregadas por todo seu virtuosismo no violão e na guitarra. Isso se percebe claramente em uma de suas composições mais famosas “Minor Swing”, onde se notam os elementos das três culturas musicais.

Reconhecido como um dos músicos mais expressivos da tradição cigana, compondo canções que parecem entender toda a complexidade desse povo, tão vasto, como na faixa “I Can´t Give Anything But Love”.

Django capturou a essência da música cigana que habita entre a melancolia e a alegria, com toda a técnica e swing do jazz, anotando muita sensibilidade, construindo então uma sonoridade única, que viria a influenciar diversas gerações de músicos pós-Segunda Guerra.”

Fiquem com uma coletânea do Django lançado pelo, excelente, selo Blue Note:

CD Django Reinhardt

E visitem: Aurora Musical!!!

Share/Save/Bookmark

Related posts

Tags: ,