kantele1

E com a música da Finlândia chega ao fim nosso peregrinação pela música da Escandinávia e das Ilhas do Norte!

Para aqueles ainda não introduzidos à cultura escandinava vale sublinhar aqui que a Finlândia é um país que possui uma herança cultural bastante distinta dos demais países escandinavos. Os finlandeses não descendem dos vikings, sua língua não possui origem germânica (na Finlândia não se falava o “velho nórdico”) e, sendo assim, soa completamente distinta da língua dos demais países escandinavos.

Os finlandeses sofreram, de fato, influências lingüísticas e culturais, assim como miscigenações étnicas, provenientes dos países do leste europeu, da região dos montes Urais, assim como dos que rodeiam o mar báltico (a língua estoniana, por exemplo, é bastante próxima a finlandesa).

Entre a influência nativa, através de sua herança na Europa oriental, e influência ocidental dos demais países escandinavos é que se divide a música tradicional finlandesa.

Por um lado temos a tradição, enraizada no próprio território finlandês,  da música da “forma Kalevala”, que consiste da forma pela qual eram cantados os contos foclóricos finlandeses, hoje conhecidos por sua compilação artística no século XIX realizada por Elias Lönrot, constituinte do livro poético Kalevala, que apresenta os ciclos do herói Väinämöinen tal como os conhecemos hoje (a propósito, a editora Ateliê lançou uma boa tradução para o português do primeiro livro do Kalevala. Procurem!).

Esta tradição musical que se escora na tradição do Kalevala foi com o tempo relegada à porção leste da Finlândia, sobretudo à região da Kerelia, a que hoje a Finlândia divide com a Rússia. Nesta tradição é que é tocado o kantele (ver vídeo abaixo), instrumento presente na mitologia do Kalevala (o herói Väinämöinen construiu o instrumento do maxilar de um peixe gigante agregado aos cabelos de Hiisi, uma entidade espiritual dos rios!). Ouvimos o kantele (na faixa de abertura), assim como o canto solo fundada nas métricas do Kalevala (faixas 9,10 e 11, por exemplo) no CD “Músicas da Karelia”, uma interessante compilação da música tradicional desta região da Finlândia lançada pelo selo francês Budha Music em 2001 (baixei , legalmente e por um preço módico, no “e-music” faz um bom tempo)

CD Música da Karelia.

Há, no entanto, uma outra face da música da Finlândia mais voltada ao ocidente e a música do resto da Escandinávia e da Europa oriental. Este estilo, no interior da música tradicional finlandesa, se denomina pellimani (do germânico spelman, músico). Concentrada no oeste do país, a música pallimani apresenta instrumentos como o violino, os acordeões (embora hoje se ouça na Karelia os acordeões – como o CD anterior pode mostrar) assim como ritmos “europeus” e escandinavos, como a polska (que lembremos não é exatamente uma polka – a polska é um ritmo em ¾, a polka, a  maior parte das vezes, é em 2/4) a mazurka ou o minueto. É a partir da tradição pallimani (mais elegante, porém menos incisiva e forte que a música da Karelia) que podemos compreender a música de grupos como JPP, cujo o excelente play (muito bem gravado e executado) de 1988, chamado Jarvelan Pikkupelimannit, se torna um exemplo da música pellimani neste post que fecha nosso ciclo escandinavo.

CD JPP

P.S: Muitos podem sentir falta de uma menção a humppa que é em gênero da música finlandesa criado no século XX – que possuí como inspiração, na verdade, a música dos Oktorberfest germânicos, assim como dos ritmos do jazz americano tais como o foxtrot…ok eu também gosto (e rio bastante) do Elakelaiset, mas em termos de folclóre mais enraízado ouça os CDs aí encima (além, é claro, do excelente Värtinna).

E, no que toca a Escandinávia, é só pessoal…Thats all folks!

Share/Save/Bookmark

Related posts

Tags: ,

This entry was posted on segunda-feira, janeiro 11th, 2010 at 23:53 and is filed under III- Da Escandinávia e Ilhas do Norte. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a reply

Name (*)
Mail (will not be published) (*)
URI
Comment

Spam Protection by WP-SpamFree