Posts Tagged ‘faroes’

pubcircle

Ao contrário das ilhas Shetland e Orkney, as ilhas Faröe que são situadas por volta de 400km do norte da Escócia, não possuem sítios grande riqueza em sítios arqueológicos do período anterior a Cristo. Ao contrário (a julgar pela wikipédia) os primeiros registros de colonização estável nas ilhas nos remetem aos aventureiros monges gaélicos e hiberno-escoceses no século sexto. O especialmente aventureiro São Brandão, presumivelmente, visitou a ilha no século VI (antes de pensarmos que cristãos eram covardes e pagãos corajosos visitemos as histórias destes monges – imagine só em barcos rústicos, dois séculos antes do auge viking, viajar por mais de 600 km em um mar gelado!)

Mais tarde no século sexto as ilhas foram também colonizadas tanto por escandinavos pré era viking, quanto por gaélicos (os gaélicos compõe a tribo celta que colonizou, de maneira bastante próspera, a partir do ano 0, a Irlanda) das ilhas do mar da Irlanda (como a ilha de Man). Esta junção nórdica e gaélica gerou old norse língua que gerou, por sua vez, o “faroes” falado nas ilhas até hoje – lingua, bastante interessante, que une línguas nórdicas com palavras de origens gaélicas (ver artigo sobre a língua na wikipédia).

No século XI a Ilha passou a pertencer a Noruega e no século XIV, depois da cristianização, passou a mãos Dinamarquesas a quem a Ilha pertence até hoje (o dinamarquês é hoje falado e escrito na ilha)

Para falarmos de uma parte da cultura de um país que particularmente me diz respeito (como consumidor rs.), as Ilhas Faröes tem como pratos típicos de sua culinária a carne de baleia com banha de cetáceo condimentada  (sim eu encararia! rs.) o Tvøst og spik, assim como o Skerpikjøt uma carne de cordeiro envelhecida e mastigável, apelidada de “carne de cinto”. Interessou-me particularmente também, como apreciador das cervejas (fonte principal de escoamento do meu dinheiro), o site desta cervejaria faroense foroyabjor

Mas escrevamos sobre música:

Assim como é o caso nas demais ilhas do Norte, não é possível formar uma imagem absolutamente clara da música das Faröes, como diz nosso wiki-oráculo, as canções utilizando violino, sob a influência das polcas e minuetos europeus, são presentes nas ilhas, assim como são presentes os corais cristãos, os skjaldur canções de ninar com temas fantásticos e os hinos microtonais (que utilizam as teclas que não existem no piano rs.) denominados kingosálmar.

De qualquer forma, hoje há um revival da música na ilhas que congrega as tradições locais, mais as tradições dinamarquesas a até mesmo o rock, o jazz ou o metal (a banda Týr é relativamente conhecida por aqui). Um caldo de músicas da tradição faroesa, dinamarquesa e sueca é o que encontramos no play para baixar neste post, da banda Spælimenninir (foto), excelente banda que conta com a partipação de Kristian Blak maior nome da música nas ilhas.

Confiram o álbum (e dêem uma olhada no encarte, ripado por algum santo no p2p, que explica a origem de cada peça presente no álbum e dá mais detalhes sobre a banda e a música das Faroes)

CD Spælimenninir

Share/Save/Bookmark

Related posts

Tags: ,

Bandeira das Faroe:

faroe-flag

Mapa:

overview_map_faroesMapa 2:

faroe-islands-mapFoto de uma vilaem uma das ilhas:

farvill86523296.8FrDzfQrVisão geral de uma cidade na ilha:

farcity257082613_7fa02d6c4dPenhasco versão faroes!

10012006_faroe4

Share/Save/Bookmark

Related posts

Tags: , , ,