Posts Tagged ‘nortúmbria’

Hora de tratarmos de música instrumental e tratarmos de música instrumental no norte da Inglaterra significa falar da gaita inglesa, a nurthumbrian smallpipe (ou a “gaita pequena da Nurtúmbria!”)

Esta gaitinha do norte da Inglaterra é irmã da smallpipe escocesa tocada na região sul da Escócia, assim como da border pipe (que como o nome indica é a gaita que se tocava e toca na fronteira, tanto no sul do Escócia como na porção norte da Nortúmbria).

A gaitinha inglesa, no entanto, possui um som mais staccato, mais entre entrecortado. Cada nota sai dela apenas através do manuseio de uma das teclas da cantadeira (ao contrário da smallpipe escocesa, a inglesa tem teclas ao invés de buracos) o que faz com que cada nota saia, em uma analogia poética, “como ervilhas”.

Este som staccato ou “ervilhado”, como queiram, é de fato uma característica da música produzida através da northumbrian pipe. Porém músicos mais experientes da gaitinha como Billy Pigg (o mestre da tradição) e Kathryn Tickell (foto – musa da contemporâneidade) conseguem tirar um som mais amplo, menos quadrado, bem mais próximo ,em alguns momentos, do que se ouve na uilleann pipe irlandesa.

A respeito das danças tocadas, a música da northumbria lembra bastante a música tradicional escocesa, ao modo mais romântico, se assim podemos dizer (penso, por exemplo, nas bonitas árias tocadas por Aly Bain) de tocar jigs, valsas e airs. Creio, entretanto, que a presença de muitos hornpipes seja uma característica particularmente inglesa da música “nortumbriana”.

Fiquem com dois álbuns com a música da gaitinha inglesa:

The Border Minstrell do grande nome da tradição Billy Pigg

E The Borderland, da gaiteira contemporânea Kathryn Tickell

Share/Save/Bookmark

Related posts

Tags: , ,

map-northumbriaVideo: Kathryn Tickel, a musa da Northumbrian SmallPipe:

Old Road Drove, melodia composta por Billy Pigg:

Share/Save/Bookmark

Related posts

Tags: , ,