Skip to content →

O retorno de Bobby Womack e o ótimo momento do soul

12 anos após seu último disco de estúdio (se você considerar o “Christmas Album”, de 2000) um dos maiores nomes da história do soul está de volta. Bobby Womack, dono de carreira espetacular e voz única, anunciou seu comeback: “The Bravest Man In The Universe” chega em 11/12 de junho em lançamento mundial. Produzido por Damon Albarn (Blur, Gorillaz, etc, etc) e Richard Russel.

A primeira música já está disponível no site oficial da lenda: “Please Forgive My Heart” já pode ser considerada, fácil, uma das melhores composições do ano.

httpv://www.youtube.com/watch?v=Th2XiEN2Dcg

A parceria com Albarn começou no single “Stylo”, do Gorillaz, em que Womack fez uma participação mais que especial. Os últimos 10 anos têm sido generosos com os amantes do soul, seja no fortalecimento do “neo-soul” (Janelle Monáe, Erykah Badu, Raphael Saadiq, Amy Winehouse, Alicia Keys, John Legend) seja no resgate de medalhões que passaram a lançar discos após muito tempo (Solomon Burke, Al Green), seja em nomes que ganharam impulso para retomar a carreira (Sharon Jones & The Dap Kings, Charles Bradley, etc).

A fase é tão boa que até D’Angelo, responsável pelo clássico instantâneo “Voodoo”, de 2000, também voltou a fazer shows após anos de ostracismo. 

Talvez você conheça Womack mais pela abertura de “Jackie Brown”, filme de 1997 de Tarantino, usando “Across The 110th Street”:

httpv://www.youtube.com/watch?v=KtzRJgZG98I

Se for, vá atrás dos principais discos da sua carreira. E a expectativa para “The Bravest Man In The Universe” é enorme: algo me diz que ele vai superá-la.

Sou jornalista e desde 2003 escrevo sobre música, cinema, literatura e outros assuntos em diversos veículos digitais e impressos. Fundei a Movin' Up em 2008. Publiquei os livros "Meu Mundo é Hoje" e "11 Rounds", de contos e "Latitude 19 & Outros Hematomas" (crônicas e poemas).

Published in Destaques Mundo