Skip to content →

“Blurred Lines” e o emulador para as pistas de Robin Thicke

Até 6 meses atrás ninguém conhecia Robin Thicke. E com razão. “Blurred Lines” chegou com uma melodia contagiante, um clipe espertíssimo, a participação de Pharrel, em alta pelas colaborações com o Daft Punk, uma letra “sexy-agent-provocateur” delícia e modelos desconhecidas fechando o pacote perfeito para um hit instantâneo. 186 milhões de views no You Tube e contando.

httpv://www.youtube.com/watch?v=yyDUC1LUXSU

Como boa parte da música pop da atualidade, “Blurred Lines” é um emulador rápido e certeiro de Marvin Gaye e Funkadelic. Confira:

httpv://www.youtube.com/watch?v=wRcVQDELAd4

httpv://www.youtube.com/watch?v=JxKOQ3SfGhg

Nesse mundão maravilhoso, tem processo dos dois lados rolando (aqui e aqui). Emily Ratajkowski, uma das modelos do clip, já foi escalada para o próximo filme de David Fincher. Todo mundo lucrando, todo mundo feliz. Jimmy Fallon entregou isso aqui:

httpv://www.youtube.com/watch?v=YOZjaqHioro

standing in the verge of getting on, baby…

Jornalista investigativo, crítico e escritor. Publico sobre música e cultura desde 2003. Fundei a Movin' Up em 2008. Autor de 3 livros de contos, crônicas e poemas. Vencedor do Prêmio de Excelência Jornalística (2019) da Sociedade Interamericana de Imprensa na categoria “Opinião”. Finalista do V Prêmio Petrobras de Jornalismo (2018).

Published in Singles